De Obesa Rumo a Respirar Saúde para Sempre !

EU ACREDITO !!!

Medicada e um dia de cada vez....


Agora com os hormônios indo para o seu devido lugar, quem sabe eu volte a ter o meu peso novamente, pelo menos os 80 da vida toda....
Cada dia sinto menos sintomas da doença... e me sinto melhor com maior disposição, não me canso tanto...
Mas não contei para ninguém que estou com este objetivo.... tem coisas que a gente não conta pra ninguém...se não ainda te atreves a ouvir: ainda bem que tá te cuidando e bla bla bla... sermão nesta idade ninguém merece... sei muito bem que tenho que me cuidar....pena que a doença me pegou no meio deste árduo caminho...agora tenho que colocar ela no seu lugar...
E tenho minha roupa toda guardadaaaaa !
Agora vamos ver se dar pra manter isso no fim de semana que se come um pouquinho mais !!
Beijos e lindo final de semana....
Eu não desisto nuncaaaaaaaaaaaaa !

3 Surtadinhos Incentivos!:

Cristiane Fonseca disse...

Olá Karen, tudo bem?

Vi um comentário seu no blog da Rô, e vim conhecer sua historia.
Me diz... como é morar em Portugal?
Dizem que o sol e o calor do Brasil renova muitas energias, vc sentiu uma diferença positiva nesse fato?

Parabéns pela sua superação.
Mas ao ler seu post sobre "historia", senti que vc carrega uma culpa e vergonha por ter engordado.

Não se maltrate.
Voce está aqui, fazendo a sua parte para mudar sua vida.
Voce já é uma vitoriosa
Voce mudou tudo.. e essa doença não veio como castigo.. confia em Deus.. liberte-se da ansiedade, as coisas vao fluindo..

Vi aqui no blog escrito "de lagarta a borboleta, saindo do casulo... loading"
Não acredito que vc ainda está no "loading"... voce na verdade já é uma borboleta, livre, transformada e pronta.

Também tenho ma tatoo de borboleta...rs
a sua é linda... amei!!!

PARABÉNS!!
beijos

Vanessa disse...

Oi Karen, tudo bem ? eu também tinha um blog, mas não entro mais, porque vc não faz uns intagran ? tem muita gente lá na luta também ! bjs

Anônimo disse...

Karen,
Como está?
Saudades dos nossos tempos de "toda boa"!
Como posso falar con você?
Beijos,
Clarissa